Bolsonaro faz autocritica. Há trinta anos ele e os filhos são e fazem politica,pequena, miúda,fisiológica. Atribue a politicos,como ele,os problemas do país. Deus iluminou Bolsonaro? Por um instante?

Cerca 12 horas atrás from Roberto Requião's Twitter via Twitter for iPhone



Economia e fomento

Pesquisa realizada pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) mostrou que o Paraná melhorou índices econômico-sociais de 2002 a 2008. Em seis anos, mais da metade dos municípios conseguiram solucionar questões de emprego, renda e produção agropecuária, educação e saúde. A maior parte (203 municípios do Paraná) avançou de nível entre 2002 e 2008. Em 2008, 320 municípios situavam-se na faixa de médio desenvolvimento.

 

Análise Conjuntural
Analise ConjunturalBoletim periódico bimestral publicado pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes). Contém artigos que tratam da economia nacional e estadual, apresenta tabelas com indicadores e traz uma seção com os principais destaques econômicos paranaenses publicados em jornais durante o período.

 

 

 

 

Anuário Estatístico do Paraná
anuario
A publicação contém informações com as últimas atualizações disponíveis sobre território, características demográficas e socioeconômicas da população, atividades da agropecuária e extração vegetal, atividades da indústria e de serviços, índices, preços, custos e salários, agregados macroeconômicos como PIB, balança comercial entre outros. Os dados e informações são publicados em formato CD interativo. A versão eletrônica pode ser acessada em www.ipardes.gov.br

 

 

APLs
APL
Os Arranjos Produtivos Locais (APLs) são aglomerações de micro, pequenas e médias empresas, localizadas em determinado espaço geográfico, que atuam em uma atividade produtiva comum, juntamente com empresas correlatas e complementares. As empresas dos APLs compartilham uma identidade cultural local e possuem vínculos de articulação, interação, cooperação e aprendizagem entre si e com outros agentes locais, tais como o governo, associações empresariais, instituições de crédito, de ensino e de pesquisa. Em 2005, algumas empresas paranaenses se uniram em arranjos produtivos. Em 2010, os seis APLs do Estado são considerados exemplos de sucesso e firmaram o Paraná como um forte polo nacional de desenvolvimento de software e serviços de Tecnologia da Informação, reunindo cerca de 300 empresas, sendo a maioria de pequeno porte. Juntas, geram cerca de 10 mil empregos diretos e indiretos e faturam, em média, R$ 285 milhões ao ano.

Apoio às Cooperativas de Crédito
cooperativa
Programa de apoio financeiro às Cooperativas de Crédito Singulares e Centrais de Cooperativas de Crédito localizadas no Paraná. São beneficiários das operações de crédito cooperativas de crédito singulares de empresários e empreendedores – exceto rurais – e suas centrais, além de micro e pequenas empresas cooperadas dos ramos industrial, comercial e de serviço.

 

 

 

Apoio às Incubadoras Tecnológicas
technology-innovation
A Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), em parceria com o Sebrae, Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul (Seim) e Agência de Fomento desenvolve, desde 2007, o programa que dá suporte às empresas nascentes ou constituídas, interessadas em desenvolver produtos ou serviços que contenham alguma inovação tecnológica.

 

 

 

Apoio às Micro e Pequenas Empresas
icms
O Governo do Paraná estabeleceu um conjunto de políticas públicas voltadas para o crescimento e fortalecimento das micro e pequenas empresas, com destaque para o que estabelece o Decreto 1.190/2007, que isenta ou reduz o ICMS devido pelas micro e pequenas do Estado. O benefício atinge 180 mil das 234 mil empresas ativas do cadastro de ICMS do Paraná. Há ainda o Decreto 2.592/2008, que criou o Fórum Regional Permanente das Micro Empresas e Empresas de Pequeno Porte do Estado do Paraná, cujo principal objetivo é constituir-se em espaço para debate e diálogo com o Governo nos assuntos de interesse destas empresas.

 

Apoio Tecnológico à Exportação (Progex)
progex
Por meio deste programa, o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) oferece assistência tecnológica às micro e pequenas empresas que pretendem exportar, melhorar o seu desempenho nos mercados externos ou substituir importações.

 

 

 

 

Atração de Investimentos
SEICAM
Uma das principais atividades da Secretaria de Estado da Indústria, do Comércio e Assuntos do Mercosul diz respeito à atração de investimentos e ao fortalecimento das empresas locais. A missão é cumprida com amparo no conjunto de decretos editados pelo Governo do Estado que estimula o investimento industrial, principalmente no interior e em regiões deprimidas. O trabalho complementa-se pela assistência prestada aos empreendedores, facilitando-lhes a coleta de informações e estabelecendo os contatos com órgãos e entidades locais envolvidas nos processos de tomada de decisão, licenciamentos, disponibilidade e fornecimento de utilidades e preparação da mão-de-obra.

 

Barracões Industriais
Barracão Industrial
Programa estadual voltado principalmente para pequenas empresas. Com financiamento oferecido pelo Governo do Estado para as prefeituras, as empresas instaladas nos barracões podem ter custos menores e se tornam mais competitivas no mercado. Outras vantagens são o compartilhamento das despesas, como as contas de água e de energia, ou mesmo das compras conjuntas, o que pode garantir um preço melhor. Atualmente existem 186 barracões distribuídos em 76 cidades. As empresas instaladas nos barracões faturam cerca de R$ 300 milhões por ano.

 

 

BDE
ipardes
A Base de Dados do Estado é um sistema de pesquisa a séries históricas de dados estatísticos do Paraná e de seus 399 municípios. São mais de 7 milhões de dados sobre agropecuária, características do território, comunicações, demografia, educação, energia, estatísticas vitais, finanças públicas, habitação, indicadores econômicos, financeiros e sociais, movimento eleitoral, produção mineral, produto e renda, saneamento, saúde, serviços, trabalho e turismo. A BDEweb permite a montagem de tabelas e mapas a partir dos dados disponíveis. Ela é gerenciada pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) e está disponível em www.ipardes.gov.br.

 

Bom Emprego Fiscal
Mais tempo
Criado em 1991 e atualizado em 2003, o programa oferece dilação de prazo para o recolhimento de parte do ICMS que vier a ser gerado por implantação, reativação ou expansão de estabelecimento industrial. A parte do ICMS, cujo prazo pode ser dilatado, é tanto maior quanto menor for o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do município em que se localizar a indústria. O prazo de pagamento de parte do ICMS é de 48 meses, e a duração do programa é, portanto, de 96 meses (oito anos), com as parcelas atualizadas pelo FCA, que é o indexador dos créditos e débitos da Secretaria de Estado da Fazenda, sem juros.

 

BRDE Financiamentos
BRDE
Linhas de recursos de longo prazo para micro, pequenas, médias e grandes empresas, cooperativas e produtores rurais oferecidas pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). Poderão ser financiados investimentos de inovação, implantação, ampliação e modernização de ativos fixos nos setores de indústria, comércio, prestação de serviços e agropecuária, bem como capital de giro associado aos investimentos financiados. O BRDE é vinculado à Secretaria de Estado da Indústria, do Comércio e Assuntos do Mercosul.

 

 

Comércio Exterior e Mercosul
MercosulVárias ações foram empreendidas para incrementar o fluxo comercial, cultural e turístico com diversas regiões da comunidade internacional, com ênfase para as do Mercosul. Entre estas, as missões empresariais/governamentais ao exterior e recebidas do exterior, sob coordenação da Secretaria de Estado da Indústria, do Comércio e Assuntos do Mercosul (Seim), resultaram em avanços significativos nos volumes e valores das mercadorias comercializadas. Houve crescimento das exportações, abertura de novos mercados e criação de oportunidades para pequenos empresários ingressarem no mercado mundial. A Seim ainda mantém convênios com várias entidades internacionais, de cooperação e comércio, e participa de programas coordenados pelo Ministério da Indústria e Comércio Exterior – MDIC.

Corredor de Congelados do Paraná
Corredor de Congelados
O Corredor de Congelados do Paraná uniu Governos Federal e Estadual e iniciativa privada para aumentar as exportações de carnes pelos Portos do Paraná, oferecendo agilidade nos trâmites legais, logística e ampla capacidade de armazenagem. O fortalecimento na logística e a ampliação do perfil econômico do porto fizeram com que Paranaguá passasse de 4º maior exportador de carnes congeladas (frango, bovino e suíno), em 2003, para a liderança no ranking nacional em 2010.

 

 

Crise: Rumos & Verdades
Crise Rumos e Verdades
Fórum realizado pelo Governo do Paraná (Casa Civil) para informar e discutir a crise financeira global e suas conseqüências para a economia brasileira e para a vida do cidadão brasileiro. O site www.crise.pr.gov.br veiculou notícias e informações atualizadas constantemente e publica artigos de economistas e professores de economia abordando causas, efeitos e apresentando propostas para o enfrentamento da crise econômica.

 

 

 

Fintec
Reparte
Programa de financiamento que busca auxiliar as empresas na consolidação de projetos inovadores vinculados às incubadoras tecnológicas filiadas à Rede Paranaense de Incubadoras e Parques Tecnológicos. O programa é operado pela Agência de Fomento do Paraná.

 

 

 

IPVA
IPVA
Para beneficiar os contribuintes paranaenses, a partir de 2003 a Secretaria de Estado da Fazenda alterou o mês de pagamento do IPVA, que passou de janeiro para o mês de fevereiro, evitando, desta forma, o acúmulo de despesas já existentes no início de cada ano.

 

 

 

 

Microcrédito
Banco Social
Banco Social – Com juros de 0,95% ao mês, o programa, operado pela Agência de Fomento do Paraná oferece empréstimos de R$ 300 a R$ 10 mil e carência de no máximo três meses para empreendimentos nos setores de indústria, agropecuária, comércio e serviços. Quem desejar começar um negócio pode conseguir até R$ 2 mil para iniciar as atividades. Já as empresas com até seis meses de vida podem conseguir até R$ 5 mil para aumentar a produção e, as empresas já consolidadas, podem pedir até R$ 10 mil para crescer. A coordenação das ações é feita pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Promoção Social. Participam também as Secretarias de Planejamento, de Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, além da Emater e do Sebrae. Em 2010, O programa atingiu R$ 10 milhões em financiamentos a micro e pequenos empresários paranaenses. Considerando todo o período de operacionalização, o valor já alcançou a marca de R$ 124 milhões, para mais de 33 mil projetos, oferecendo faixas de créditos que vão de R$ 300 a R$ 10 mil.

Oficina Volante de Inclusão Sócio-Tecnológica para o Setor de Vestuário
Oficina Volante de Inclusão Sócio
O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), vinculado à Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), disponibiliza apoio tecnológico a empreendedores domiciliares e micro e pequenas empresas que atuam na área de confecção têxtil.

 

 

 

 

Paraná Empreendedor
Serviços gratuitos
Oferece oportunidade para que micro e pequenos empreendedores possam crescer e se consolidar no mercado. Trata-se de uma política de desenvolvimento empresarial, onde são ofertados gratuitamente treinamentos que abordam tópicos como as características do empreendedor, barreiras a serem superadas, vantagens de ter o próprio negócio, qualidade de produtos e serviços, mensuração de valor e preços e cuidados com os clientes. Promovido pela Secretaria Especial de Relações com a Comunidade.

 

 

Paraná: Terra de Oportunidades
Paraná terra de oportunidades
Publicação anual voltada a investidores, com tradução em diversos idiomas. É realizada pelo Ipardes com colaboração da Secretaria de Indústria e Comércio. Nela, há informações sobre população, distâncias da capital, PIB, agropecuária, indústria, serviços, comércio exterior, infra-estrutura, incentivos fiscais, meio ambiente, turismo e saúde.

 

 

 

Porto Fácil
Porto Facil
Programa criado e gerido pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), que tem como proposta principal criar alternativas para produtores e empresários exportarem pelo modal marítimo de forma simplificada, com menos burocracia, sem limite de peso e com baixo custo, uma vez que as tarifas para as exportações, via transporte marítimo, chegam a ser até 50% inferiores em relação aos outros modais.

 

 

 

Pré-Sal
Pré sal
Seminário realizado pelo Governo do Paraná (Casa Civil) com o objetivo de esclarecer a população paranaense sobre o assunto. Conteúdo ficou disponível na página www.pre-sal.pr.gov.br.

 

 

 

 

Programa de Financiamento à Inovação
Inovação
Linha de crédito operada pela Agência de Fomento do Paraná para financiar micro e pequenas empresas do Paraná que investem em inovação, ampliando sua capacidade competitiva. Beneficia participantes do Programa Agentes Locais de Inovação, da Fundação Araucária e do Sebrae.

 

 

 

Programa Piloto de Extensão Tecnológica para MPME’S do Setor de Bens de Capital – MCT-PETEC
soluções
Executado pelo Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), identifica problemas, propondo soluções de melhoria tecnológica industrial para o setor de bens de capital.

 

 

 

 

 

Projeto Extensão Industrial Exportadora (PEIEx)
peiex
A Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), por meio da sua vinculada, a Fundação Araucária, atua no Projeto desenvolvido em parceria com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Sebrae Nacional e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex). O programa tem como objetivo incrementar a competitividade e promover a cultura exportadora de pequenas e micro empresas em Arranjos Produtivos Locais (APLs). Com três núcleos operacionais nos municípios de Curitiba, Londrina e Maringá, atende a 672 empresas, prioritariamente, nas áreas de metal- mecânica, vestuário e alimentação. Em 2010, mais 576 empresas passaram a ser atendidas.

Quatro Motores do Mercosul
Quatro motores do Mercosul
Instituída em novembro de 2008, seguindo modelo de cooperação dos Quatro Motores da Europa, a rede é formada pelas províncias de Alto Paraná (Paraguai), Córdoba (Argentina), Rivera (Uruguai) e o Paraná (Brasil) e atua em diferentes áreas e com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos povos sul- americanos.

 

 

 

 

Rede de Aquicultura e Pesca
Apoio a pesca artesanal
Desde 2003, técnicos e pesquisadores de diversas instituições que trabalham no setor pesqueiro e aquícola do Estado do Paraná recebem apoio da Unidade Gestora do Fundo Paraná (UGF) em projetos de apoio à pesca artesanal e aquicultura.

 

 

 

 

Salário mínimo regional
Proposto pelo Governo do Paraná em 2006 e aprovado por unanimidade pela Assembléia Legislativa, o piso regional destina-se às categorias não sindicalizadas, ou seja, aos trabalhadores mais frágeis e desprovidos de proteção nas relações de trabalho. O valor diferenciado é divido em faixas e, além de estimular o sistema produtivo, possibilita uma melhor distribuição de renda. Confira a evolução do salário mínimo regional do Paraná:

2006 – R$ 427 a R$ 437,80 (ano de implantação)
2007 – R$ 462 a R$ 475,20
2008 – R$ 527 a R$547,80
2009 – R$ 605,52 a R$ 629,65
2010 – R$ 663 a R$ 765
2011 – R$ 708,14 a R$ 817,78
2012 – R$ 783,20 a R$ 904,20
2013 – R$ 882,59 a R$ 1.018,94
2014 – R$ 948,20 a R$ 1.095,60

 

Salário mínimo social
Estipulado pelo Governo do Paraná em 2006, o salário mínimo social fixou em R$ 580 a menor remuneração dos quadros do Poder Executivo Estadual.

Tarifa micro e pequeno comércio
Destinada a atender pequenos comerciantes que consomem até 10 m3 de água. O interessado deve fazer o cadastramento – e renová-lo uma vez por ano – em um dos escritórios da Sanepar.

Um comentário em “Economia e fomento

  1. Eu havia convidado o Senador Requião para conhecer o Laboratório que ele nos ajudou a construir através da Rede de Aqüicultura e Pesca, mencionada nesta página. O seu assessor entrou em contato mas nós perdemos o seu telefone. Seria possível a retomada do contato? Um abraço e apoio total na convenção.

Comments are closed.