Afinal o Bebiano deve orgulhar-se: não foi substituido por um capitão, mas por um GENERAL!!

Cerca 12 minutos atrás from Roberto Requião's Twitter via Twitter for iPhone



Página IncialNÃO A BERNARDO FIGUEIREDONovo relatório do TCU acusa Bernardo Figueiredo de omissão e favorecimento

Novo relatório do TCU acusa Bernardo Figueiredo de omissão e favorecimento

Senador Roberto Requi„o (PMDB-PR) apresenta relatÛrio em que o Tribunal de Contas da Uni„o (TCU) aponta ìfalhas gritantesî da AgÍncia Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) na fiscalizaÁ„o do contrato de concess„o da auto pista Litoral Sul, entre ParanO senador Roberto Requião deu conhecimento ao plenário do Senado, nesta terça-feira (27), de nova auditoria do Tribunal de Contas da União com gravíssimas denúncias a Bernardo Figueiredo, presidente da Empresa de Planejamento e Logística e ex-diretor da Agência Nacional de Transporte Terrestre, ANTT. Agora, o TCU examina o comportamento da agência em relação à concessão de um trecho da BR-376, entre Paraná e Santa Catarina.
Requião leu trechos da auditoria do Tribunal, que aponta uma grande coleção de irregularidades, ilegalidades e favorecimentos ao concessionário, em prejuízo dos usuários e do Estado. Bernardo Figueiredo é acusado diretamente de omisso e de ser conivente com os desvios.
O senador informou que teve sua atenção chamada para o relatório pelo ex-governador de Santa Catarina Espiridião Amim. Requião vai enviar à mesa do Senado teor do relatório do TCU, solicitando ao presidente José Sarney que o envie à presidente Dilma Roussef, para conhecimento.
Requião cobrou ainda da meda da Casa o destino de um projeto seu, que disciplina e democratiza a escolha de autoridades e que teve sua tramitação interrompida depois de aprovado por unanimidade na Comissão de Constituição e Justiça . Segundo ele, com a vigência de uma proposta como a sua, a escolha de autoridades seria mais rigorosa e evitaria casos como os de Bernardo Figueiredo e outros recentes escândalos.
A seguir vídeo com o discurso do senador Requião nesta terça-feira (27), no plenário do Senado.
Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

VÍDEO YOUTUBE