Afinal o Bebiano deve orgulhar-se: não foi substituido por um capitão, mas por um GENERAL!!

Cerca 58 minutos atrás from Roberto Requião's Twitter via Twitter for iPhone



Página IncialNotíciasRequião repercute avanço do Paraná no período de 2003 a 2010

Requião repercute avanço do Paraná no período de 2003 a 2010

Requião repercute avanço do Paraná no período de 2003 a 2010

O senador Roberto Requião (PMDB/PR) repercutiu a divulgação de índices do Paraná no período que governou o Estado, de 2003 a 2010. “A nossa administração teve resultados efetivos, concretos para melhoria de condição de vida do povo. Nós tivemos o maior crescimento industrial do país: 55,7% enquanto a média nacional foi de 28,9%. Em segundo lugar ficou São Paulo com 34,3% seguido de Minas Gerais, com 32,4%”, salientou.
Outro recorde paranaense foi a geração de empregos com carteira assinada. De 2003 a 2010, período que Requião governou o Estado, 800.150 novos postos de trabalho foram abertos. A reforma tributária, que isentou e reduziu ICMS de micros e pequenos empresários, e o apoio à agricultura familiar são ações que colaboraram com este índice.
A pobreza extrema no Paraná foi reduzida de 7,1% para 2,3%. E a mortalidade infantil passou de 17,5 em 2001 para 11,9 em 2010 graças à implantação de 200 Clínicas da Mulher e da Criança. “A renda familiar cresceu: saiu de R$ 550 para R$ 735. E nós instalamos no Paraná o maior salário mínimo do Brasil que atende 350 mil trabalhadores”, lembrou.
Educação – A área da educação também teve um avanço importante. A taxa de analfabetismo está hoje em 4,9% enquanto no Nordeste do Brasil este índice chega a 30%, 35%. “Entre 2003 e 2010 dobramos o número de jovens entre 18 e 24 anos que frequentavam a universidade ou que já estavam formados”, registrou o senador.
Os alunos de rede estadual de ensino conquistaram boas notas no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – Ideb – e no Enem e os primeiros lugares nas olimpíadas nacionais de matemática e português. “Hoje nós estamos apoiando o Ministério da Educação com o exemplo das nossas políticas”, contou.
“Como, diante de tudo isso, a nossa bancada de deputados estaduais está apoiando o governo do Beto que desmancha de forma definitiva uma série de políticas que criamos e que trouxeram estes resultados para o Paraná. Será que nossos deputados não percebem que suas próprias eleições se deveram também ao bom resultado do nosso governo?”, finalizou Requião.

ÁUDIO