Bolsonaro faz autocritica. Há trinta anos ele e os filhos são e fazem politica,pequena, miúda,fisiológica. Atribue a politicos,como ele,os problemas do país. Deus iluminou Bolsonaro? Por um instante?

Cerca 12 horas atrás from Roberto Requião's Twitter via Twitter for iPhone



Saúde

Em oito anos o Governo do Paraná ampliou o investimento na área da Saúde em mais de 400%. O Estado saiu de um orçamento anual, em 2002, de R$ 415 milhões para mais de R$ 2 bilhões, em 2010. Ao somar o total destinado ao setor nos oito anos da gestão do governador Roberto Requião, mais de R$ 10 bilhões foram destinados à Saúde Pública no Paraná. Alguns destaques:

A Saúde Perto de Você
Saude perto de vocePrograma criado para garantir uma rede de hospitais descentralizados que tenham a capacidade de atender média e alta complexidade em diversas regiões do Estado. Ao todo são 44 hospitais (construídos, reformados ou ampliados). Além de concluir as obras, o Governo do Estado faz a aquisição e instalação dos equipamentos e insumos, a contratação de servidores e a implantação do corpo clínico para colocar em funcionamento as suas unidades. São hospitais novos, com atendimento especializado que não existiam em determinadas regiões ou até mesmo no Paraná. O volume de investimento é superior a R$ 300 milhões.

 

Clínica de Saúde da Mulher e da Criança
clinica
Unidades construídas e equipadas pelo Governo do Paraná com consultórios odontológico, pediátrico e ginecológico, salas de enfermagem, imunização, inalação, curativos e higiene bucal, área para realização de exames cardíacos, farmácia, vestiários e copa. Além de toda estrutura oferecida, mensalmente o Governo do Paraná contribui financeiramente para auxílio e manutenção de cada unidade. Até o final de 2010 haviam sido inauguradas 119 Clínicas e outras 99 estavam em construção.

 

 

Consórcio Paraná Saúde
Medicamentos
É o agrupamento de 377 municípios paranaenses mais o Governo Estadual para a compra de medicamentos básicos. Ao utilizar um fundo único de recursos para as duas esferas de poder, amplia-se a capacidade de compra dos remédios reduzindo os custos para todos os envolvidos no consórcio.

 

 

 

Estratégia de Saúde da Família
medico-a-domicilio-1-461x271
Prioriza ações de prevenção, promoção e recuperação da saúde das pessoas de forma geral e contínua. O atendimento é prestado nas Unidades de Saúde da Família ou nos domicílios pelos profissionais integrantes das equipes (médico, enfermeiro, agente comunitário de saúde e profissionais de odontologia). O programa também capacita profissionais como agentes comunitários de saúde por meio do Centro Formador de Recursos Humanos (CFRH). O Governo do Estado implantou um incentivo financeiro inédito no Brasil para incentivar os municípios a implantarem novas equipes da estratégia.

 

Lei Antifumo
anti fumo
A Secretaria da Saúde montou um grande esquema de fiscalização em parceria com as Regionais de Saúde e vigilâncias sanitárias municipais para fazer valer a Lei Antifumo, em vigor em todo o Paraná desde 29/11/2009. Além da produção de materiais informativos de apoio, a Secretaria realizou eventos para repassar todas as diretrizes e estratégias aos municípios e ofereceu tratamento adequado aos fumantes.

 

 

 

Linha Saúde
Foto ÔNIBUS
O Governo do Paraná adquiriu 80 micro-ônibus para transportar exclusivamente pacientes dos pequenos municípios para a sede do Consórcio Intermunicipal de Saúde, onde recebem atendimento médico- hospitalar. O objetivo da “Linha Saúde” é melhorar o transporte de pacientes de tratamento continuado. Neste programa foram investidos mais de R$ 10 milhões para a compra de 80 veículos.

 

 

 

Mortalidade Infantil
MaternidadeO Governo do Paraná com ações como a ampliação das UTIs neonatais (de 169 para 320), das equipes do programa Saúde da Família e a implantação das Clínicas da Saúde da Mulher e da Criança e do programa Nascer no Paraná: Direito à Vida, está reduzindo anualmente os índices de mortalidade infantil no Estado. O número, que em 2002 era de 16,7, em 2013 está em 11,6 a cada mil nascidos vivos.

 

 

 

Nascer no Paraná: Direito à Vida
Nascer no Paraná - Direito a Vida
Programa criado para combater à mortalidade materna e infantil são os objetivos deste programa que pretende implantar comitês de mortalidade em todas as Regionais de Saúde e nos Municípios, além de fazer busca ativa e cadastramento de todas as gestantes. A garantia do pré-natal a todas as gestantes cadastradas, a indicação da referência de onde será seu parto, a implantação de vigilância do recém- nascido e a vinculação de equipes do PSF com esta família vão garantir a queda nos índices. Esta ação complementa todas as demais que já estão sendo realizadas com o mesmo objetivo, como a construção de Clínicas da Saúde da Mulher e da Criança, as referências para Gestação de Alto Risco e as Casas das Gestantes são alguns dos exemplos.

Política de Saúde Bucal
ODONTO5
Consiste na ampliação e na qualificação de atenção básica com as equipes de saúde da família, além de criar ofertas nas ações de média e alta complexidade, com as criações dos centros de especialidades odontológicas e laboratórios regionais de próteses dentárias. Além de capacitar profissionais técnicos e auxiliares de saúde bucal por meio do Centro Formador de Recursos Humanos (CFRH), também são realizadas ações preventivas com a fluoretação das águas de abastecimentos públicos e a ações de bochecho com flúor.

 

 

Política de Saúde Mental
HOSPITAL2
A Secretaria de Estado da Saúde, juntamente com o Ministério da Saúde e os municípios paranaenses, teve como um de seus principais objetivos implementar a reforma psiquiátrica no Paraná. Para tanto, entendeu-se como necessário garantir o acesso do usuário aos serviços de saúde, por meio da ampliação e reestruturação dos serviços extra-hospitalares.

 

 

 

Rede de Ciência e Tecnologia em Saúde
Tecnologia&saude
Prioriza os hospitais universitários e clínicas de saúde e, além de se constituir em espaço de formação universitária, atende aqueles que utilizam o Sistema Único de Saúde (SUS). Fazem parte dela, por exemplo, os projetos do programa de Transplante de Medula Óssea e Terapia Celular. Ainda, apóia projetos como contrapartida do Programa de Pesquisa do Sistema Único de Saúde (PPSUS) do Ministério da Saúde.

 

 

 

SAS (Sistema de Assistência à Saúde do Servidor)
sas
Funciona como um plano de saúde do funcionalismo, totalmente custeado pelo Governo. O Estado mantém uma rede de hospitais e clínicas contratados pelo Paraná onde o servidor da ativa, aposentado ou dependente, recebe atendimento médico, sem qualquer custo. Sob gestão da Secretaria de Estado da Administração e da Previdência (Seap).

 

 

 

TV Saúde
tvsaude
Projeto de informação, educação e comunicação produzido pela Secretaria de Estado da Saúde do Paraná. O seu principal objetivo é aproximar a população e os profissionais de saúde das ações e questões relacionadas à saúde dos paranaenses. Os vídeos são enviados para as Regionais de Saúde, bem como disponibilizados na internet.

 

 

 

Urgência e Emergência
Ambulancia
O Paraná conta com um sistema de Urgência e Emergência totalmente renovado. O número de cidades atendidas pelo Siate foi ampliado de sete para 26, além da implantação do Samu, que abrange o atendimento clínico de urgência em 15 municípios. Ao todo, o Governo do Estado adquiriu 760 ambulâncias, divididas entre unidades de simples remoção, UTIs móveis, especiais e para o Siate. O investimento total supera R$ 55 milhões.