Página IncialÁudiosSenado vive sob a marca do atraso e do entreguismo, afirma Requião

Senado vive sob a marca do atraso e do entreguismo, afirma Requião

Em seu comentário para emissoras de rádio desta quinta-feira (13), o senador Roberto Requião denunciou as manobras que levaram aa formação de um colegiado claramente conservador e anti-Petrobrás para dar parecer à proposta de José Serra que entrega o pré-sal às multinacionais. “A presidência, uma vice-presidência e a relatoria da comissão ficaram com os dependentistas, essa gente que despreza os brasileiros e acha que tudo deve ser entregue para os estrangeiros”, disse Requião.

O senador afirmou ainda que as 48 medidas econômicas que o presidente do Senado Renan Calheiros, o senador José Serra e o ministro da Fazenda Joaquim Levy estão negociando são a mais pura expressão do já desmoralizado neoliberalismo e não representam o pensamento do Congresso.

Para Requião, apenas a pressão das ruas, conjugada com  lideranças nacionalistas, populares e democráticas poderá impedir a entrega do pais e a destruição de um projeto de nação.

Ouça o comentário do senador: