É importante que juizes e autoridades que descumprem a lei sejam responsabilizados e punidos. Todos são iguais perante a lei.

Cerca 5 horas atrás from Roberto Requião's Twitter via Twitter for iPad



Página Incialideias para o ParanáVeja as ideias de Requião para a saúde dos paranaenses

Veja as ideias de Requião para a saúde dos paranaenses

Hospital Regional do Litoral4

O senador Roberto Requião (PMDB/PR) tem percorrido o Paraná para debater um plano de governo para o Estado para as eleições deste ano. Um dos temas bastante discutidos tem sido a saúde. Requião propõe a retomada  do programa de construção, reforma e ampliação de hospitais. “Em nossa época, foram 44 hospitais. Alguns deles hoje com a construção abandonada, outros  deixados pelo atual governador sem equipamento e sem médicos”, citou.
Outro projeto a ser retomado são as Clínicas de Saúde da Mulher e da Criança. O programa foi criado seguindo sugestões da Dra. Zilda Arns e de ações da Pastoral da Criança. “Construímos mais de 200 Clínicas para dar uma atenção especializada às gestantes, às mães e aos bebês combatendo a mortalidade materno-infantil. Mas, o atual governador acabou com esse programa maravilhoso e desvirtuou a finalidade das Clínicas”, disse Requião.
“Quero discutir ainda a volta do programa “Pacto pela Vida”, que financiava, equipava e contratava médicos para os pequenos hospitais municipais para que os paranaenses que moram no interior, em pequenas cidades, não precisem se deslocar paras as cidades maiores para tratar de problemas de saúde menos complexos”, afirmou. O senador citou ainda a necessidade de ampliar a frota de ambulâncias do Siate.
“Desgraçadamente, o meio mais rápido para os paranaenses que moram no interior ter acesso à saúde, voltou a ser uma ambulância que o transporte para a capital. Resolvemos todos os problemas de saúde no Paraná? Claro que não. Mas avançamos muito, construímos  uma grande estrutura de atendimento, hoje abandonada”.
“Mais hospitais, mais Clínicas de Saúde da Mulher e da Criança, mais remédios, mais médicos. A saúde do paranaense tem que voltar a ser prioridade. O Paraná não pode substituir um governador  ausente, que não trabalha, por um outro governador sem experiência e sem ideias”, finalizou.

DSC_0245

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *