As perdas geradas por erro do DER E AGENCIA REGULADORA FOI DE NOVE BILHÕES E NOVECENTOS MILHÕES ,com esse dinheiro compraram a concessão do aeroporto Afonso Pena. Ninguém preso? Ninguém processado? Onde anda o Ministério Público?RATAZANAS?

Cerca 22 minutos atrás from Roberto Requião's Twitter via Twitter for iPhone



Página IncialArtigos e discursosTá sobrando bala no Trem Rio São Paulo…..

Tá sobrando bala no Trem Rio São Paulo…..

O orçamento inicial do projeto do trem bala era de 18 bilhões, valor consolidado depois de décadas de estudos.

Mais uma vez com o argumento de que o país não tem dinheiro para infraestrutura tiraram da cartola a mágica idéia das PPPs- Parceria Público Privada.

A fórmula dessas PPPs é 70 % BNDES, 10 % Fundos de Pensão de Empresas Públicas/Funcionalismo Federal e os 20 % restantes cota da iniciativa privada.

A partir daí começa a disparar o preço estimado da obra.

Se fala agora em 33 bilhões de reais ( mas existe no ar a alerta de que pode chegar a 50 bilhões ).

Na modalidade de PPP teriamos 26,4 bilhões de dinheiro público ( podendo chegar a 40 bi ).

Só com essa verba pública poderiamos fazer a obra ainda com um folga para gastar numa inesquecível festa de inauguração!

E os 20 % do investimento privado seriam dispensaveis mas eles receberiam de presente a obra para operar!

Essa fórmula suspeita já vimos ser tentada no projeto da Variante Ferroviaria Guarapuava-Ipiranga.

Não sou contra a construção do Trem de passageiros Rio São Paulo, muito pelo contrário sou um antigo defensor.

Mas o preço estimado é exorbitante!

Dá pra implantar o projeto do TAV Rio/SP e dentro desse orçamento de 50 bilhões de reais ainda construir uns 10.000 km de novos ramais de linhas férreas em áreas estratégicas para o país e para o Mercosul.

Eng. Paulo Ferraz